Skip to main content
água no óleo do tanque

Água no tanque: Como resolver o problema de degradação do diesel?

água no óleo do tanque

Conforme já abordamos em alguns artigos anteriores, o diesel em sua essência é um combustível facilmente passivo a contaminações. Hoje, com as alterações nas regulamentações, ele possui menos ativos tóxicos e maior quantidade de biodiesel em sua composição. Isso causa a sua degradação, o que preocupa muitas pessoas e empresas com seus maquinários, veículos e geradores.

Um dos principais problemas que causam essa contaminação é a presença de água no óleo diesel. Você sabe como ela surge? Quais as consequências de ter água no tanque? Entenda a seguir e saiba como evitar isso!

Como surge água no óleo diesel?

Para identificar água no óleo, basta perceber que o óleo possui um efeito turvo, meio “embaçado”. Isso porque a água não dilui no combustível, então fica perceptível.

Essa água pode surgir por conta do processo de condensação que ocorre com a umidade de ar que entra no tanque do combustível. Esse processo ocorre naturalmente, mas pode ser estimulado por mudanças de temperatura e/ou pressão entre o ambiente externo e parte interna do tanque, causando tais alterações.

Além da água que “surge” no tanque, também há a possibilidade que antes mesmo da chegada do combustível, já houvesse água no local, portanto é essencial averiguar o tanque antes de descarregar o diesel.

Consequências da água no óleo diesel

fungos no óleo diesel

Você deve estar pensando “Mas gotículas de água podem afetar a qualidade do meu diesel?”. Sim! Ainda que pouca, esse efeito pode ser cumulativo e desencadear várias consequências ruins ao diesel, como por exemplo:

  • Surgimento de microrganismos (fungos e bactérias), os quais nascem em ambientes com água e se alimentam do combustível;
  • Presença de borra no fundo do tanque e nas tubulações, causada pela presença dos microrganismos;
  • Esta borra causa entupimentos precoce dos filtros, corrosão e danos aos sistemas de pré e pós combustão, principalmente ao sistema de injeção de combustível;
  • Como prejudica os sistemas internos, exige mais trocas e manutenções, portanto, mais gastos com isso;
  • Compromete a performance dos motores e equipamentos. 

Como evitar que esse problema aconteça?

A presença de água no óleo é um fato que tende a acontecer. No entanto, é algo que pode ser controlado a ponto de não causar consequências ruins ao seu combustível e aos seus equipamentos.

Evite água no tanque adquirindo os seguintes hábitos:

  • Escolha fornecedores de combustível que seguem os padrões de segurança;
  • Realize monitoramento constante dos tanques de estocagem;
  • A filtragem deve ser realizada no momento do abastecimento;
  • Limpe regularmente os tanques de armazenamento.
  • Extra: Conte com um aditivo de alto padrão de qualidade para diluir no seu combustível e evitar esses e outros problemas com eficiência!

Monitoramento e limpeza fazem parte dos cuidados para manter a água longe do tanque, mas contar com um aditivo potente pode te deixar ainda mais tranquilo quanto a esses problemas. É por isso que você precisa da linha Xp³ cuidando do seu diesel no dia a dia.

O Xp³ oferece vantagens exclusivas para manter seu diesel saudável, com alto rendimento e durabilidade para seus equipamentos. Resolve o problema de água no óleo atuando com seu efeito purificador, com suas propriedades químicas capazes de eliminar as chances de contaminação e demais consequências.

Agora você já sabe: Para ficar longe de água no combustível e ele render muito mais, um aditivo da linha Xp³ tem que estar no seu tanque! Quer saber qual o melhor aditivo para a sua necessidade? Fale agora mesmo com a Ecofuel e não fique mais com dúvidas. Xp³ é a sua melhor opção, com certeza!



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *